Conheça a médica

Dra. Helena Moura

Médica psiquiatra pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Especialista em dependência química pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)

Treinamento para tratamento de tabagismo pela Global Bridges (parceria da Faculdade de Medicina do ABC – FMABC e Mayo Clinic)

Membro da Global Bridges – Healthcare Alliance for Tobacco Dependence Treatment (Aliança de saúde para tratamento de dependência de tabaco)

Psiquiatra responsável pelo programa de tratamento para fumantes do CAPSad Doutoranda do Centro de Estudos em Álcool e Drogas (CPAD), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)

Tratamento

Inicialmente, a vida sem cigarro é acompanhada de muitos desafios, que vão desde a necessidade de lidar com sentimentos desconfortáveis até alterações na rotina de trabalho e lazer. Assim, nosso programa se propõe a acompanhar todo esse processo, respeitando os objetivos e as necessidades de cada indivíduo.

  • Avaliação individualizada que busca compreender a relação da pessoa com o cigarro
  • – Identificação dos sintomas de dependências física e psicológica
  • – Desenvolvimento da melhor estratégia de mudança de vida
  • – Escolha da medicação mais adequada para cada pessoa
  • Acompanhamento de todo o processo de parar de fumar
  • – Orientações para manter a vida sem cigarro

Por que parar de fumar

Porque você pode

Muitas pessoas temem parar de fumar por medo de engordar, sentir desconfortos ou porque já tentaram antes e não conseguiram. No entanto, os tratamentos disponíveis atualmente, que incluem a reposição de nicotina, medicamentos e terapia, ajudam a atenuar ou até mesmo evitar esses problemas, dobrando as chances de sucesso

Pelas pessoas que você ama

Os prejuízos à saúde do fumante passivo são semelhantes àqueles de quem fuma. Crianças são particularmente mais afetadas, podendo ter mais infecções respiratórias. Além disso, viver sem cigarro proporciona um bom exemplo para seus filhos, visto que crianças criadas por fumantes têm mais chances de se tornarem fumantes também.

Para ficar mais atraente

Você pode nem perceber, mas o cheiro desagradável do cigarro lhe acompanha mesmo quando você não está fumando, pois fica impregnado na roupa, nas mãos, nos cabelos, etc. Além disso, os dentes podem ficar mais amarelados. O envelhecimento da pele também é mais evidente, com rugas e flacidez surgindo de forma mais precoce.

Pela sua saúde

Mesmo as pessoas que fumam “pouco” (de um a quatro cigarros por dia) estão em risco de morte prematura. A boa notícia é que quanto mais tempo a pessoa fica sem fumar, mais o risco para doenças relacionadas ao cigarro se aproxima do de indivíduos que nunca fumaram.

Para superar limites

Já parou para pensar na quantidade de coisas que você deixa de fazer por fumar? Restrições quanto ao uso de espaços públicos e dificuldade em realizar tarefas do dia a dia, como subir escadas, são comuns entre fumantes. Além disso, assistir a um filme no cinema ou fazer uma viagem longa de avião são atividades complicadas para quem fuma e não consegue ficar algumas horas sem cigarro.

Assuntos de mulher

Se você tem mais de 35 anos, a combinação de cigarro com pílula anticoncepcional aumenta o risco para trombose. O fumo durante a gravidez pode trazer complicações para a gestação, como parto pré-maturo, aborto espontâneo, além de vários prejuízos à saúde do bebê, como baixo peso ao nascer e maior risco de morte súbita.

Para economizar

Já parou para calcular o quanto você gasta por mês com cigarro? Se você fuma uma carteira de cigarro por dia, com o custo médio de R$ 9,00, no final do ano economizará mais de R$ 3.200,00. E o que daria para comprar com esse dinheiro? Pense nisso!

Pelo seu emprego

Parar de fumar melhora a produtividade no trabalho e aumenta as chances de conseguir um emprego

Como ajudar alguém

A participação de familiares e amigos no tratamento é muito importante e vai desde ajudar o indivíduo a perceber que ele precisa parar da fumar até o apoio adequado àqueles que já tomaram essa decisão.

A tomar a decisão de parar de fumar

Quem decidiu viver sem cigarro

Compreenda a dificuldade Muitos indivíduos sentem um desconforto físico e emocional considerável quando tentam se abster, o que faz com que continuem fumando apesar de saberem do mal que faz à saúde. Desta forma, mostrar compreensão sobre os desafios de parar de fumar e incentivar a pessoa são atitudes muito importantes.
Tenha paciência Decidir parar de fumar não significa que a pessoa vai deixar de querer fumar, ao menos não imediatamente. Além disso, os primeiros dias sem cigarro podem trazer uma série de emoções desconfortáveis, como irritação e ansiedade, e é importante não achar que isso é algo pessoal contra você.
Entenda a motivação Enquanto alguns indivíduos se preocupam com a saúde, outros podem estar mais preocupados em melhorar a aparência. Assim, é importante identificar o que pode motivar cada um.
Compreenda as recaídas Parar de fumar não é tarefa fácil! Várias situações e sentimentos podem fazer com que o indivíduo acabe recaindo. Assim, é importante que familiares e amigos não desestimulem a pessoa, com frases como “eu já sabia que você não ia parar” ou mesmo “você não consegue ficar sem fumar”.
Ofereça apoio Colocar-se à disposição para acompanhar e auxiliar no tratamento pode ser mais produtivo do que passar horas dando “sermão” sobre cigarro e risco de câncer, por exemplo.
Ninguém precisa sofrer sozinho O acompanhamento profissional pode dobrar as chances de sucesso do tratamento. Além disso, o apoio da família e dos amigos é de extrema importância para o tratamento.
Apresente informações interessantes Buscar informações relevantes para cada tipo de motivação. Mostrar pesquisas e relatos de ex-fumantes, por exemplo, para a pessoa que deseja parar de fumar pode contribuir para o processo de conscientização da vida sem cigarro.
Não faça “testes” Mais importante do que tentar “testar” a pessoa, oferecendo-lhe um cigarro, por exemplo, é oferecer alternativas. Assim, estimular a participação em atividades que não envolvem cigarro, como cinema e esportes, pode ser mais produtivo.

Blog

Fique por dentro de notícias, informações e diversos conteúdos relevantes e confiáveis

Agende sua consulta
  • (61) 99828-9349

  • contato@vivasemcigarro.com.br

  • 607 norte, Edifício Brasília Medical Center, Bloco A, Sala 210 (Entrada do estacionamento pela L3) - Brasília - DF